quarta-feira, 2 de junho de 2010

Dia dos Namorados - Perfume Review: O Boticário, Egeo Cherry





Perfume:  Egeo Cherry, O Boticário
Versão:  Deo Colônia
Gênero: Feminino


Background:  O Boticário é atualmente, dentre as empresas de cosméticos e fragrâncias do país, a mais ambiciosa em termos de lançar perfumes de massa para alavancar as vendas. É um lançamento atrás do outro que faz jus à ambição comercial e de crescimento do Grupo. No dia dos namorados isso não seria diferente. O resultado foi o lançamento do casal de fragrâncias Egeo Cherry e Egeo Hot Pepper,respectivamente, para mulheres e homens a fim de apimentar a relação, além de 11 produtos, dentre hidratante, sabonete, esfoliante, entre outros que podem ser coadjuvantes "perfumados" para colocar o romantismo e a sedução à todo vapor. A cereja, como uma fruta Vermelha tem o poder de evocar esta sedutora paixão e a pimenta é afrodisíaca, uma dupla que, sob o ponto de vista conceitual de perfumes, combina arrebatadora paixão para os jovens casais de namorados e dá o tom de sex appeal à campanha de marketing.


Desenvolvimento:   Antes de mais nada, convém eu elucidar meu leitor com relação à avaliação desta fragrância para também harmonizar os pilares do marketing da proposta O Boticário x trabalho dos perfumistas x a limitação olfativa de Egeo Cherry, desta forma, não enganarei o meu leitor e também não serei injusta com a equipe que se dedicou à este lançamento. Egeo Cherry é uma fragrância muito comercial, com um apelo forte de dia dos namorados e uma proposta olfativa  bem marketeira porque aproveita-se do fato de que mulheres brasileiras gostam de frutas vermelhas como cereja, morango e framboesa, em especial, adolescentes e mulheres muito jovens que gostam de perfumes mais girlies, despretensiosos sem se importar muito com um perfume diferenciado. Logo, sob o ponto de vista alinhado ao mercantilismo da perfumaria, o perfume faz o que promete e tem seu poder de sedução junto ao público dinamizado por uma campanha publicitária chamativa. Pelo lado criativo, o perfume é previsível, linear e limitante, ou seja, o que os perfumistas poderiam fazer além de um perfume jovial de cereja e focado em uma data comemorativa que uma empresa deseja aumentar as vendas? Absolutamente obedecer o briefing da O Boticário e a limitação de orçamento para um flanker, então o resultado  é um oriental frutal, focado na cereja confortável, levemente delicada misturada a flores evocativamente apaixonantes como a rosa e a freesia que funcionam muito bem na combinação com frutas vermelhas. No mix geral, a fragrância nasceu para ser uma combinação de cereja com flores românticas  e notas gustativas na base com destaque para a baunilha, levemente aditivo pelo toque de praline. Não há surpresas neste perfume. De maneira geral, Egeo Cherry não é ruim porém ele é  muito linear e não poderia oferecer nada além de uma cerejinha com baunilha com o toque sedutor e, tem um pecado grave: baixíssima fixação na pele, não é poderosamente marcante como outros orientais frutais concorrentes. Enfim, ele é uma opção que substitui a base de Délices de Cartier, apesar que Cartier é muito mais marcante. Quem gosta da cereja  de Cartier sem que ela seja gelada, pode ter uma opção made in Brasil, por sinal, não está nada barata e Boticário tem que baixar os preços urgente. Vale a pena pagar caro por um Malbec, mas os últimos flankers de fragrâncias estão com preços altos e baixa inovação na composição olfativa que  não justifica pagar quase R$ 80,00 em um perfume.





O melhor da fragrância:  Ainda é a combinação cereja com notas gourmands delicadamente entrelaçadas com flores. É uma base sedosa e agradável que dá uma sensação mais de conforto do que de super sedução.


O pior da fragrância:   A fixação é muito baixa, o que baixou a qualidade geral do perfume na avaliação. A campanha publicitária ficou bonita, mas deveriam investir menos dinheiro em marketing e mais na qualidade da composição do perfume como o fizeram com Egeo Dolce que, até o momento, é o melhor perfume da marca Egeo, inimitável e ótimo. Lançar o exagerado número de 25 produtos para tal data e esquecer de trazer um par de fragrâncias que não seja fadado ao esquecimento demonstra que o nariz do consumidor ficou em segundo plano e o seu bolso em primeiro, além disso o trabalho dos perfumistas mais uma vez se limita na perfumaria por conta de briefings comercialmente limitantes. Oh Boticário, 11 produtos neste lançamento edição limitada?   Que tal transferir este budget para a composição de um perfume totalmente diferenciado, um novo clássico nacional que engrandecerá nossa perfumaria Brasil?


Poder de fixação:  4 horas
 
Sillage: baixo

Drydown:  oriental frutal

Notas: 
Mandarina, Grapefruit, Néroli, Rosa Head Space ,Frésia, Jasmim, Maçã, Osmanthus, Cereja Head Space, Violeta, Morango Head Space, Sálvia e Pimenta, Praline, Vanilla, Vétyver, Sândalo e Musk.



Recomendado para:  Garotas adolescentes e jovens adultas de até 24 anos que gostam de cheiros de cerejas com baunilha. Fãs de cereja que gostam de Victoria Secrets Passionate Kisses, Natura Humor 5 , Jesus Del Pozo In Black e Delices Cartier podem usar este perfume  edição limitada de uma forma mais proveitosa. 



Avaliação





Votação do Prêmio Top Blog 2010 já começou!

É muito fácil, só clicar no link acima e votar na gente!
Obrigada(o)! 




Perfume review by Cristiane Gonçalves for Perfume da Rosa Negra
Photo credits: Boticário.

Nenhum comentário: