sexta-feira, 17 de julho de 2009

Perfume Review: La Nuit de L'Homme, Yves Saint Laurent

“True charm cannot be tamed, and is thus perfectly irresistible.” Truman Capote.




Yves Saint Laurent La Nuit De L'Homme


Antes de derramar em palavras o bel prazer do novo perfume masculino de Yves Saint Laurent, La Nuit de L'Homme, provocarei as suas imaginativas percepções olfativas com o vídeo oficial da publicidade da fragrância que tem como L'homme, devastadoramente sedutor e maléfico no melhor dos desejos, o ator francês Vincent Cassel. Se deixar levar por ele e inúmeras mulheres atraídas pelo seu cheiro é uma excitante cena do poder irresistível de um perfume masculino, excitando qualquer homem e mulher a correr à próxima perfumaria e experimentá-lo para, mais tarde, lembrar do cheiro oriental e refrescante na calada da noite impulsionado pelos extremos do mistério noturno e a claridade pelo raiar do dia após uma noite de delícias.




Sentiu uma tensão deliciosa no comercial? Eu a sinto e, se as mulheres da propaganda sentem esta atração irresistível por Vincent Cassel, o desejo mais aparente em um potencial consumidor(a) da fragrância é estar no lugar delas ou dele ou, como um imaginário voyeur, comprovar se La Nuit de L'Homme tem este poder de deixar um rastro perfumado no ar, ou melhor, deixar uma mulher com falta de ar.


A imaginação olfativa é altamente poderosa como o charme de um homem perfumado cuja fragrância induz a pensamentos provocativos enquanto ele passa entre bonitas mulheres. Imediatamente, não é somente a mulher que deseja o homem e o homem que se sente desejado, mas a mulher deseja o homem por imaginar o que outra mulher está desejando nele. Louco, não? Mas aqui, reações como estas não são sobre curiosidade e inveja femininas, mas é muito mais uma reação que advém da sugestão de marketing.





A atração pelo perigo. The attraction of danger.
A tentação pelo proibido. The temptation of the forbidden.
O momento para a sedução. The time for seduction

(YSL La Nuit de L'homme press release
)


A propaganda sugere que este homem seja cheirado e, portanto, a maior perdição da fragrância é exatamente a capacidade dela sugerir o que um homem tem de bom, o que há por trás deste charme que prende a atenção, que diz que beleza física não é tudo e a sedução é intríseca no indivíduo, principalmente quando ele está bem perfumado. A escolha de Vincent como protagonista chama a atenção à dimensão noturna de La Nuit de L'Homme porque ele é naturalmente misterioso, dark, elegantemente selvagem. Além disso, ele não é um modelo padrão de beleza, de rostos bonitos, quase femininos de muitos modelos em comerciais de fragrâncias. Vincent Cassel tem a expressão da virilidade através de um charme muito próprio. Definitivamente, ele é sexy. Seu olhar é penetrante, metaforicamente mal como o perigo noturno de um cheiro dual, tensionado pelo bem e o mal. Ele incita a mulher a ser uma presa a ser facilmente devorada, deixa uma tensão a ponto de deixá-la enlouquecida, prestes a sugerir a si mesma.




A fragrância foi criada pelo trio de perfumistas da IFF, Anne Flipo, Dominique Ropion e Pierre Wargnye e é bem mais leve que a força do comercial. Digo, seguramente, que esta fragrância é um delicado oriental com a sutileza de um frescor que mascara uma certa feminilidade advinda as flores. É como se o homem, por trás de sua masculinidade arrebatadora, poderosamente caçadora, tivesse preparado para dar flores à uma mulher, iluminar a vida dela com um refrescante perfume oriental e floral mesmo na escuridão da noite . Este é o lado claro da noite.


A saída das notas de cabeça é o melhor momento porque é uma lavanda extremamente exótica, provencial e, lindamente diluída com o frescor da bergamota e as delicadas flores de gerânio, acrescidos delicados quentes acordes especiados de cardamono. Conforme YSL Beautè, a tensão entre a quente especiaria e o frescor floral é "o enigmático olhar do homem YSL, que te guiará a se expor ao perigo". Os gerânios aqui lembram cheiros de rosas, muito delicado. Uma atípica sofisticada combinação com a lavanda, muito mais natural e totalmente diferente do mesmo duo em Sarah Jessica Parker Covet, que é mais luxuriante por conta do chocolate. Aqui é uma abertura de notas que simboliza a entrada de Vincent Cassel, desfilando com leveza por entre narizes e olhos que o desejam, lentamente e (in)tensamente ao mesmo tempo que os hormônios femininos fervem.





O poder de fixação da fragrância é moderado, cerca de cinco horas e, no desenvolvimento geral, o perfume mantém o bouquet floral. Embora, leve notas como vetiver e coumarina , é muito mais perceptível flores frescas se misturando a sensualidade mais comfortável e adocicada da coumarina com as nuances mais extremas da madeira de cedro que se equilibram entre os acordes terreno amadeirado e o aéreo amadeirado, trazendo uma elegância sugestivamente sedutora e uma serenidade à La Nuit de L'Homme.





De dia ou de noite, La Nuit de L'Homme é para homens que apreciam fragrâncias masculinas mais florais amadeiradas que amadeiradas. Homens que sabem que, não basta somente se perfumar com perfumes exageradamente marcantes com madeiras pesadas mas que o melhor charme , após o próprio charme pessoal , é ter uma fragrância de extremos entre a delicadeza das flores e a força das madeiras e especiarias, o equilíbrio perfeito do homem naturalmente charmoso e perfumado sempre no excitante dual prazer olfativo.

Vote Perfume da Rosa Negra
Prazo final : 11 de Agosto
Melhor blog - categoria Variedades Profissional




(English version)


“True charm cannot be tamed, and is thus perfectly irresistible.” Truman Capote.


Before telling you the scented pleasure of the new male perfume of Yves Saint Laurent, La Nuit de L'Homme, I am going to stimulate your imaginative olfactive insights with the official video of the fragrance advertisement which has as L'homme, devastatingly seductive and bad boy in the best of the desires, the French actor Vincent Cassel. Watching him and various women attracted by his scent is an exciting picture of the irresistible power of a male perfume, exciting any man and woman to run to the next fragrance store and sample it and then, remind of the oriental refreshing scent late at night, indulged by the nocturnal mystery and the clarity at dawn after a night of delights.






Could you feel a delicious tension in the ad? I feel it and, if the ad's women feel this irresistible attraction by Vincent Cassel, the most apparent desire in a potential fragrance consumer is to be in their place or his place or, as an imaginary voyeur, prove if La Nuit de L'Homme has this power of let the scent lingers in the air, or better than it, let a woman breathless.


The olfactive imagination is highly powerful such as the charm of a fragrant man whose scent incites to provokative thoughts while he is walking among women. Immediately, it is not the woman who desires the man and the man is desired , but the woman desires the man by imagining what other woman desires on him. Is it mad, isn't it? But here, reactions like these ones are not about curiosity and female envy, but it is much more a reaction which comes from a marketing suggestion.


The advertisement suggests that this man be smelt and therefore, the biggest temptation of the fragrance is exactly its ability of suggesting what the man best have, what is behind his charm which grabs so much attention, a charm that confirms that physical beauty is not everything and the seduction is something intrinsic in an individual, mainly when he is well fragrant. The choice of Vincent like protagonist sets to the ad the nocturnal dimension of La Nuit de L'Homme because he is naturally mysterious, dark, elegantly wild. Moreover, he is not the beauty pattern of beautiful faces, almost feminine ones belonged to many models in fragrance ads. Vincent Cassel has the virility expression through his own charm. Definitely, he is sexy. His glance is deep, metaphorically bad such the night danger of a dual scent, bringing the tension between the good and the bad. He stimulates the woman to be a prey easily to be devoured, let the tension to the point of making her mad, ready to suggest to him herself.


The fragrance was created by the IFF perfumers trio, Anne Flipo, Dominique Ropion and Pierre Wargnye and is lighter than the strength of the advertisement. I would say, certainly, that this fragrance is a delicate oriental with the subtleness of a freshness that masks some femininity which comes from the flowers. It is like if a man, behind his strong masculinity powerfully hunter, would be prepared to give flowers to a woman, iluminating her life with a refreshing oriental and floral fragrance, even in the darkness of the night. This is the bright side of the night.


The opening of top notes is the best moment because there is a lavender extremely exotic, provence, beautifully blended to the freshness of the bergamot and the delicate flowers of geranium, added to it subtle warm spicy accords of cardamon. According to YSL Beautè, the tension between the hot spicy and the floral fresh features is "the enigmatic eyes of YSL man, that guide us to be exposed to the danger". The geranium here reminds me of the roses scent, very lovely. An untypical sophisticated combination with the lavender, much more natural and totally different from the same duo in Sarah Jessica Parker Covet, which is much more luxuriant due to chocolate note. Here this start of notes symbolizes the apparition of Vincent Cassel, catwalking with lightness around noses and eyes which desire him, slowly and intensely at the same time that the female hormones bubble.


The longlasting power is moderate, about five hours and, in the general development, the perfume keeps the floral bouquet. Even though the fragrance has notes of vetiver and coumarin, it is much more perceptible fresh flowers mixed to the comfort and sweet sensuality of coumarin with more extreme nuances of cedarwood that are balanced between woody earthiness and the woody "airy" chords, carrying an elegance significantly seductive and a serenity to La Nuit de L'Homme.


During the day or the night, La Nuit de L'Homme is for men that enjoy more male fragrances that are woodsier-florals than woody ones. Men that know that it is not enough to perfume themselves with very remarkable fragrances composed as heavy woods scented but the best charm ,after the own personal charm, is to have a fragrance of extremes between the delicateness of flowers and the strength of woods and spicies; the perfect balance of a man who is naturally charmous and fragrant, always in the exciting dual olfactive pleasure.

Vote Perfume da Rosa Negra
deadline: August, 11th
Best Blog - Variedades category professional





Perfume Review by Copyright Cristiane Gonçalves aka Cris Rosa Negra for Perfume da Rosa Negra.
Photo Credits YSL AD by YSL Beauté. Free use authorized for Perfume Da Rosa Negra. Photograph by Mert & Marcus. Art Directon by Baron & Baron
Video La Nuit de L'Homme YSL . A courtesy of DailyMotion.com

Nenhum comentário: