quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Perfume Review: DKNY Red Delicious Women EDP x DKNY Red Delicious Men EDT, Donna Karan New York




DKNY Red Delicious Women EDP e DKNY Red Delicious Men EDT são edições limitadas da marca da grande designer Donna Karan e foram lançadas em 2006, focando também na maça, símbolo da cidade de Nova York. A diferença, em comparação ao já renomado Be Delicious da marca é que estas fragrâncias usam a maça com uma predominância mais 'vermelha' e mais 'quente' no mix em contraposição ao cítrico de notas verdes que deu início à série Delicious. A versão feminina leva notas de lichee, framboesa, patchouli, maça, rosa, baunilha e âmbar. A masculina incorpora notas de bergamota, cardamono, conhaque, rum, açafrão, café, maça, orquídea, sândalo, musgo de carvalho e baunilha.


Estas maças são bem mais atrativas no primeiro spray e despertam uma fome imaginativa por uma cidade que ofereça o sabor da sedução, uma espécie de saciedade noturna, no qual a mulher e o homem possam experimentar frutos proibidos como a maça de Adão e Eva. Esta maça, muito vermelha, derrama nestas bocas carnudas pelo pecado, um suco muito mais frutado misturado às framboesas e à lichee em Red Delicious Women e uma taça alcóolica de um vinho bem escarlate em Red Delicious Men, logo estas entradas olfativas são bem mais coerentes para um cenário nova iorquino no qual existe a pulsão pela excitação em todas as vertentes, uma noite ou dia com diversão e sedução, um paraíso com cara de inferno.







A fragrância feminina deixa muito claro que há maça no mix, uma maça nada verde como a de Be Delicious. A partida é bastante feminina, dócil e ao mesmo tempo provocante como os florais frutais que são reforçados por notas de frutas vermelhas. O início permite pensar muito mais em berries que em maça, para depois, a partir do coração do perfume perceber que a maça é a protagonista deste paraíso urbano. Neste momento, a Eva nova iorquina após uma mordida inicial deliciosamente provocante na maça Red Delicious já conquistou o seu Adão, já o atraiu para abraçar o seu corpo de serpente humana, com isso, ela pode mostrar o seu romantismo, na intimidade do casal, a sua personalidade de flor. Abrem-se rosas que deixam Red Delicious aveludado, mas ainda assim com uma nota pulsante de uma maça um pouco sintética, que insiste em permanecer austera mesmo com a base abaunilhada e discretamente ambarina. Esta mulher tem um poder enigmático, atraindo sempre o homem a morder sua pele com o veneno mortal, de um cheiro de uma maça autoritária.



Red Delicious Men tem uma entrada de notas muito interessante com um mix alcóolico que lembra vinho vermelho, um cálice proibido que envenenará o homem assim como o cheiro desta Eva sedutora. Este acorde alcóolico é o aroma de rum e conhaque, influenciado pela nota de café, que o deixa um pouco amargo e o açafrão que o deixa mais oriental. Esta abertura de notas é o melhor do perfume para este Adão moderno, a entrada triunfal da libido que ele pode provocar, levando a mulher do paraíso ao inferno e do inferno ao paraíso em poucos segundos. Diferente da versão feminina, a maça não é tão evidente e a reminiscência que se nota é de uma maça assada, uma maça que não é 'In natura', mais preparada como sobremesa. A mulher assume um controle bem maior a fim de que este homem morda a maça, seja um prato delicioso e seja consumado pelo pecado nesta louca Nova York. Ele é inicialmente afetado por uma espécie de droga alcóolica que o entorpece para a atitude ousada desta Eva moderna. No decorrer do desenvolvimento, Red Delicious Men perde sua força inicial e se estabiliza em um aroma mais almiscarado que, em alguns momentos, torna-se aguado em função da nota de musgo de carvalho. O homem está totalmente com água na boca perante esta Eva sensual e impositiva, ele mordeu a pele de cheiro vermelho e está rendido.






Ambos os perfumes são opções bem versáteis para o dia ou para a noite caso a mulher e o homem que os use goste, respectivamente, de floral frutais e amadeirados aquático. Red Delicious Women tem um acorde enjoativo que é a nota de maça linear e sempre recorrente como se tivesse um fixador que a tivesse colado à pele. Isso empobrece o perfume, no entanto há que dar o devido crédito já que notas de maça são difíceis de serem trabalhadas para criar um aroma peculiar e uma harmonia com outras notas. Chega uma hora que ela reina imperiosa. Red Delicious Men tinha de tudo para ser um perfume espetacular caso a força da entrada alcóolica se mantivesse no desenvolvimento do perfume mesmo que em diferentes gradações, mas ele perde esta viriliade à medida que se perde o foco de notas fortes como café e os acordes licorosos. A entrada de flores torna-o mais como um perfume para homens presas que homens caçadores, praticamente um Adão a ser seduzido neste paraíso híbrido, onde o delicioso pecado é que levará Adãos e Evas modernos aos céus.



(English version)



DKNY Red Delicious women EDP and DKNY Red Delicious men EDT are limited editions of the brand of the great designer Donna Karan and were released in 2006, focusing on the apple, the symbol of New York city. The difference, in comparison to the renowned Be Delicious is that these fragrances have the apple note with a predominant characteristic of being "red" and "warmer" opposing to the citrus fragrance with green notes which start this Delicious series. The female version features notes of lichee, raspberry, patchouli, apple, rose, vanilla and amber. The male fragrance incorporates in the blending notes of bergamot, cardamon, cognac, rum, saffron, coffee, apple, orchid, sandalwood, oakmoss and vanilla.


These apples are more attractive since the first spray and awake an imaginative hunger for a city that offers the flavor of the seduction, a type of nocturnal satiety, in which a woman and a man can taste forbidden fruits as the apple of Adam and Eve. This apple, very red, shed in their fat lips by the sin, a juice fruitier mixed to the raspberries and the lichee in Red Delicious Women and an alcoholic glass of a scarlet wine in Red Delicious Men, therefore these olfactory openings are more coherent to New York scenery where there is a pulsation for the excitement in all its sides, a night or day with amusement and seduction, a paradise with an hell face.


In the female fragrance is clear that there is apple in the blending, a apple that is not green as the Be Delicious one. The opening is very feminine, sweet and on the same time provocative as the floral fruity fragrances that are reinforced by red fruits notes. The start allows us to think more of berries than apple, later, it is able to perceive in the heart of the perfume the apple presence as the main character of this urban paradise. In this moment, the New Yorker Eve, after a initial, delicious and provocative bite in the apple of Red Delicious immediately conquers the Adam, Eve immediately attractes him to hug her , his human serpent, therewith, she shows her romantism behavior, during the intimacy of the couple, her personality as a flower. Roses are opened and let Red Delicious velvety, but for all that, with a beating apple note a little synthetical which insists in keeping severe even when the vanillic and discreet ambarine base comes. This woman has an enigmatic power, attracting the man to bite her fragrant skin scented by a mortal poison, of an authoritarian apple smell.



Red Delicious Men has an interesting opening with an alcoholic mix which remind me of a red wine, a forbidden liqueur-glass which will poison Adam as well as the smell of this seductive Eve. This alcoholic chord is the aroma of rum and cognac, influenced by the note of the coffee that let the fragrance a little bitter and the saffron that covers the fragrance with some oriental approach. This start is the best moment of the fragrance for this modern Adam, the triumphal beginning of a libido that he can provoke taking this woman from the paradise to the hell and from the hell to the paradise in few seconds. Different from the female version, the apple is not so evident and the reminiscence that is noticed is compared to a baked apple, an apple that is not "in natura" but prepared to be a dessert. The woman assumes the control in order to this man bite the apple, be a delicious dish for her and be consumated by the sin in his crazy New York. He is initially affected by a type of alcoholic drug that paralysed him to the audacious attitude of this modern Eve. In the course of the development, Red Delicious Men loses its initial force and layers down as muskier aroma which, in some moments, become watery influenced by the oakmoss note. This man has tasteful lips in front of this sensual and commanding Eve, he bites her red scented skin and now he is submissive.


Both fragrances are very versatile options for the day or the night in the case of the woman and the man who wear them enjoy, respectivelly, floral frutal and woody aquatic fragrances. Red Delicious Women has a disagreeably apple smell, very linear and recurrent as it had a fixer that would stick it together to the skin. This makes the fragrance less interesting, however it is important to mention that the apple notes are not an easy to deal notes since they don't create a peculiar aroma and also an harmony with others notes. There is a time that the apple reigns as a queen, so the fragrance deserves some credits. Red Delicious Men had everything to be an spectacular fragrance if had kept the force of the alcoholic opening during the development in different gradations, but it loses its virility in proportion to it loses the focus on the strong notes as coffee and licorice chords. The floral accords become the fragrance more as a fragrance for prey men than hunters men, practically an Adam to be seduced in this hibrid paradise where the delicious sin is what will take modern Adams and Eves to the heaven.


Red Delicious Ad. Donna Karan Source: Couleur Parfum
Apple : k.b5z.net
The Seduction of Adam and Eve by Dan Fergus.

Nenhum comentário: