quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Cheirando minha própria pele/ Smelling my own skin

Sou um perfume oriental, de flores voluptuosas, acordes incensados e especiados em uma base balsâmica, ambarina, almiscarada com doces ondas avaniladas. Sou doce e feroz, sensual e discreta, misteriosa e transparente, delicada e inquieta. Sou dual. Eu sou meu próprio perfume.
(por Cris Rosa Negra, cheirando sua própria pele)

I am an oriental perfume with voluptuous flowers, spicy and incensuous accords layered by a balsamic-ambery-musk base with sweet vanillic waves.
I am sweet and wild, sensual and tactful, mysterious and transparent, delicate and inquiet. I am dual. I am my own perfume.
(by Cris Rosa Negra, smelling her own skin)

2 comentários:

maisqueperfume disse...

Cris, você deve ter o cheiro da orquídea que a minha mãe tem na sala!
beijos Simone.

Cris Rosa Negra disse...

Olá Simone,
Orquídeas... embora elas não tenham um cheiro característico, com certeza eu tenho cheiro da orquídea conceituada em Black Orchid de Tom Ford. Adoro este perfume!
beijos
Cris