sábado, 1 de setembro de 2007

Must de Cartier pour femme EDT , Cartier



Must de Cartier é mais um "must have" de uma das marcas mais sofisticadas de perfumes do mundo. Afirmo que tanto ele como Le Baiser de Dragon são perfumes atemporais e que podem ser adquiridos por aqueles que tenham um gosto de fino trato e, igualmente, tolerante. Digo tolerante, porque, enquanto Le Baiser de Dragon é um perfume bem mais ostensivo , Must de Cartier é um perfume mais fácil na sua versão Eau de Toilette, embora tenha um início mais "old lady like", ofuscado por uma saída mais green que lembra chá verde e aquela típica perfumaria de frascos sobre penteadeiras vintages, com aromas mais ultrapassados.
Se o começo causa um estranhamento para quem admira Cartier parfums e os elogios dados à marca, o meio e fim do perfume é um convite ao diferencial dado à linha. Um diferencial que está longe da característica "antiga" de perfumes vintage e perfumes dos anos 80, década que foi lançado Must. É um desenvolvimento bem contemporâneo, extremamente feminino e em sintonia com a mulher que aflorece de forma delicada e elegante. Com destaque para o neroli, Must passa de notas de saída mais aldeídicas, cuja vivacidade ainda desabrochará para a doce leveza de uma baunilha não invasiva, coberta pela nota de vétiver que dá mais seriedade à fragrância.
Como idealizado por Cartier, concordo que Must é um convite à rejeição de convenções, por isso percebo que há um início aromático relacionado à tradição que muda para notas que liberam a mulher para algo mais desejável, discretamente transgressor,
com um tímido desbravadorismo
É justamente esta facilidade que atrai as mulheres : uma baunilha mais bem comportada na base do perfume, com uma leve cobertura de vétiver, tornando-o mais sensual. Esta baunilha torna a mulher digna de ser admirada no seu bom gosto, jovial e clássico, tornado Must um clássico feminino em permanente modernidade. Um perfume sempre reciclável para mulheres adultas, de todos os tempos.
Must é um must, porque sua baunilha não é pueril; ou seja, não infantiliza a mulher como tantas outras baunilhas que existem no mercado as quais parecem um retorno à adolescência. Must é um perfume para a mulher que, mesmo madura, é sempre capaz de unir a menina com a mulher em uma única pessoa.
O perfume começa um bouquet floral clássico e sério e ganha notas mais sensuais e doces que o rejuvenescem. Uma virtude que é um must , por sinal... um must de Cartier.



2 comentários:

Léles Cristiane disse...

Adorei ler a descrição do Must no blog Cris......um dos meus perfumes favoritos, e é exatamente isso q ele me passa, a união da mulher madura com a jovem, uma baunilha q não lembra nem de longe a adolescência......Parabéns Cris!!!!

Rosa Negra disse...

Leles,
O Must é bem especial dentro da marca Cartier. A baunilha une estas duas fases. Entre a jovialidade e a madurez, Must é um must. beijo