sexta-feira, 3 de julho de 2009

Perfume Review: Tuscan Leather, Tom Ford Private Blend

By Italo Wolff



Tuscan Leather, Tom Ford Private Blend Collection



É indiscutível que Tom Ford tem seu toque de "Midas", independente da maison que ele atua(va), ele consegue vender suas idéias como se fosse água no deserto, de certo modo esse poderia ser um ponto negativo em termos de exclusividade, mas atualmente na dianteira de sua marca própria, Tom alinha o luxo e a exclusividade no fervor do mercado, produzindo em sua Private Blend Collection fragrâncias que não são comerciais e possuem uma excelência extrema.


Como agir diante de um perfume que segue o conceito Tomfordiano tendo como base uma nota de couro? Antes de experimentar
Tuscan Leather pensei em algo lascivo, talvez sujo como algumas fragrâncias da escola francesa, porém a maior de todas as minhas surpresas nesta experiência foi identificar classe e comforto em um acorde que poderia ter sido agressivo e inteiramente carnal.


Os acordes iniciais são exóticos e de difícil combinação, mas que neste perfume foram incrivelmente orquestrados chegando a uma sinfonia mágica de ramos secos de tomilho misturados ao alaranjado vivo das sementes de açafrão e a doçura sutil das framboesas, o que dá uma caráter mais seco a esta fase pois o acorde "juicy" das framboesas é quase imperceptível. É difícil imaginar que estas três notas tão diferentes entre si possam chegar a um cheiro tão encantador, mas Tuscan Leather mostra que o improvável pode ser cativante. Sinto um toque levemente resinoso de olíbano que precede o couro de modo que este couro se mostra esfumaçado e, ao mesmo tempo, discretamente balsâmico e um pouco pungente , fatores que não prejudicam o magnífico desenrolar do resto do perfume, apenas o torna ainda mais pulsante e vivo em contato com a pele quente.




Manolo Blahnik, o luxo no couro

Manolo Blahnik, the luxury in the leather


Partimos agora para um clímax da fragrância onde a faceta acourada será brilhantemente transformada em um presente de encher os olhos. Imagine uma caixa de Manolo Blahnik e visualize algo enrolado em um papel repleto de logomarcas que escondem um artefato magnificamente trabalhado em couro vermelho vivo e reluzente , agora sinta a maciez do couro genuíno e naturalmente perfumado, observe o acabamento impecável de cada curva do sapato, o salto finíssimo especialmente para equilibrar uma dama e acariciar seus pés como se fosse uma pluma,pensando dessa forma você conseguirá tornar a nota de couro de Tuscan Leather palpável e concreta. Um cheiro leve de couro , algo que somente artigos novos e genuínos possuem, um conforto fora de precedentes, algo que não é vulgar ou agressivo, há ainda uma faceta emborrachada decorrente do lábdano entrelaçada ao couro que perdura por horas na pele.




Manolo Blahnik Brown Leather


Tuscan Leather é um perfume encantador, por sua leveza que dificilmente terá concorrentes em sua categoria. O ponto mais interessante de sua composição é a densidade das notas que poderiam sufocar umas às outras de modo a tornar o mix desastroso mas que com uma leveza que não pode ser confundida com banalidade, aparecem cada uma a seu tempo, respeitando umas às outras. De forma resumida, trata-se de uma fragrância exclusiva para homens e mulheres exclusivos, que gostam de perfumar suavemente o ambiente à sua volta e não se sentirem oprimidos pelos seus próprios perfumes.


Italo Wolff é escritor de perfumes de Alagoas (Brasil) e colaborador exclusivo para o Perfume da Rosa Negra

Vote Perfume da Rosa Negra
Prazo final : 11 de Agosto
Melhor blog - categoria variedades



Perfume da Rosa Negra colabora com a Campanha do Agasalho 2009. Aqueça a vida de alguém com a sua colaboração
assim
como o perfume aquece a nossa vida com emoção.






(English version)


It is unquestionable that Tom Ford has his touch of "Gold", no matter how maison he works(or worked for). He is able to sell his ideas as they were water in the desert, in a certain way, this would be a negative point in terms of exclusivity however currently ahead of his own brand, Tom mixes luxury and exclusiveness in the hunger of marketing producing in his Private Blend Collection fragrances that are not commercial and own an extreme excellence.

How react in front of a fragrance which follows the Tom Fordi(an) concept having as base a leather note? Before trying
Tuscan Leather I imagined something lascive, maybe dirty as some fragrances from the French school, however the biggest of all my surprises in this experience was to notice class and comfort in a chord which could have been aggressive and entirely carnal.


The initial chords are exotic and difficult in their combinations, but in this fragrance they were orchestrated incredibly to the point of reaching a magical symphony of dry thyme leaves mixed to the orange color of saffron seeds and the subtle sweetness of berries which is given a drier facet to this phase because the juicy chord of berries is almost unnoticeable. It is difficult to imagine that these three notes so different among them could reach a scent so enchanting, but Tuscan Leather shows that it may be very charming.


I feel the slight touch of the resinous olibanum that comes before the leather and then the leathery chord is showed as a smoky facet and, on the same time, balsamic and a little pungent what does not harm the magnificent development of the perfume, only becomes it more alive in contact with the warm skin.


We left from now to the climax of the fragrance where the leathery fact will be brilliantly transformed into a fabulous gift. Imagine a box of Manolo Blahnik and visualise something wrapped in a paper filled by brands logos which hide a beautiful workmanship worked on a blood red leather, now feel the softness of this genuine leather and naturally fragrant, observe the perfect finish of each shoe's curve, the fine high heels specially done to balance a gorgeous lady and caresse her feet as they were a plum, thinking in that way you'll be able to become the leather note of Tuscan Leather real and touchable. A light scent of leather, something that only new clothes and genuine shoes own, there is still an important facet of comfort, something that is not vulgar or aggressive and also there is a rubbery facet due to labdanum which embraces the leather and lasts for hours on skin.


Tuscan Leather is a charming perfume because of its lightness that difficultly will be found in the competitors of its category. The most interesting point in its composition is the weight of notes which could suffocate one and another in a way to bring a mix and a disaster on it, but through the fragrance lightness that cannot be considered a banality, each note appears in the right time, respect one and another. In a direct form, this Tom Ford's fragrance is a exclusive scent for exclusive men and women who enjoy perfuming smoothly the atmosphere around them and not feel oppressed by their own fragrances.


Italo Wolff is fragrance writer from Alagoas, Brazil and is collaborator for Perfume da Rosa Negra.


Vote Perfume da Rosa Negra
deadline: August, 11th
Best Blog - Variedades category




Perfume da Rosa Negra collaborates with The Campaign against Winter 2009. Warm someone's life with your collaboration as well as a fragrance warms our lives with emotion. Be socially responsible. Donate a Winter clothing in your country.





Perfume Review by Copyright Italo Wolff for Perfume da Rosa Negra.
Photos Credits: Tuscan Leather by Tom Ford beauty. Manolo Blahnik by Manolo Blahnik. MB Shoes by Dosmetic Sale and Campanha do Agasalho by CDA Gov.Br All rights reserved.

Nenhum comentário: