sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Perfume Review: Jacomo for her, Jacomo Paris



Jacomo for her é a fragrância chypre ambarada lançada por Jacomo Paris e desenvolvida pela nèz da Givaudan Marie-Aude Couture-Bluches especialmente em homenagem à alta joalheria e à sedução feminina. O perfume leva notas que, se divididas em um corpo feminino, contemplam um primeiro olhar no rosto com a suavidade cítrica e floral verde de notas de cabeça bergamota, jacinto verde e lírio do vale; um busto ressaltado pela beleza de perfumados seios com notas florais de rosa, heliótropo e rosa Hawthorn, envolvidas também pelo sedutor ylang ylang e fechando a inspiração do corpo e da alma da mulher docilmente enigmáticos notas de cedro, âmbar, sândalo e tonka bean na base da fragrância.

Embora os perfumes de Jacomo Paris não sejam tão discutidos em fóruns, o que é lamentável considerando que há qualidade e excelente custo x benefício na marca, a casa tem tradição desde os anos 70 quando os empreendedores James Kaplan e Gérard Courtin decidiram unir-se para criar uma loja de couros no circuito das quentes avenidas de Nova York. Desde este momento, o francês Courtin decidiu dedicar-se à sua paixão pela perfumaria, lançando em Jacomo o primeiro perfume, o masculino Eau Cendrée e, no ano seguinte, o feminino Chicane.

Jacomo for her é uma criação mais recente, de 2005 e faz parte de uma revolução em Jacomo Paris, baseada em trazer uma modernidade e sedução à marca sem esquivar-se da característica clássica de muitos de seus perfumes. Felizmente, Jacomo conseguiu a façanha de criar uma fragrância muito feminina e, que pode ser comparada em termos de excelente alinhamento entre proposta e execução a clássicos cypres como Mitsouko(Guerlain), Femme(Rochas), Ysatis(Givenchy), Eau du Soir(Sisley), Bandit(Robert Piguet), Cuir de Russie(Chanel), entre outros. É claro que, os chypres sofrem variações entre focos olfativos, ou seja, entre os mencionados há chypres florais, verdes ou mais animálicos, no entanto a idéia é valorizar Jacomo for her como um chypre moderno que não se esqueceu de suas raízes e/ou referências olfativas.


Venus wit the mirror, Titian, Renaissance epoch

Jacomo for her é um chypre único, extremamente elegante, clássico e atemporal. Lançado para exaltar duas jóias: a jóia material, sinônimo de elegância e eterno acessório de beleza da mulher e a jóia corpórea, sinônimo da própria mulher em si, a jóia humana, de magnetismo espetacular e eterno ser mulher, ser feminina, ser um corpo que brilha, sempre diferenciada a cada século, a cada época. Uma saída exata de notas florais que fluem radiantes com a leveza da bergamota e a força das rosas, acelerando os batimentos do coração da mulher Jacomo assim como o coração feminino bate ao olhar fixamente o resplendor de uma bela jóia ou ao ganhar uma jóia de seu amor. Uma sensação fenomenal de ser especial entre as mulheres, deixando o rastro luminoso que nunca será esquecido, o rastro momentâneo porém atemporal da mulher que surpreende na mais sutil das atitudes. O olhar, o reflexo com os adornos perfume e preciosas jóias, a imagem no espelho que se eternaliza como a Vênus com o espelho (1555) do renascentista Titian ou a Vênus no espelho de Peter Paul Rubens (1615), ambas adornadas com bracelete, brincos, anéis, pulseiras como um culto ao amor, a beleza e à Arte.




Venus at the mirror, Peter Paul Rubens, Barroque epoch


Um sinuoso toque de ylang ylang é encantador e aquece as flores envoltas em uma base clássica e mais forte de âmbar e sândalo, capturando os olhares masculinos, mostrando que por baixo de um elegante vestido há o prazer embutido na mais discreta das mulheres. A discrição que é arrebatada nos momentos nus e crus, nos quais a alma se desnuda com o corpo para o golpe final da sedução que mata e ressuscita o mais amoroso dos homens. A base de da fragrância é, belamente, uma base chypre com uma doçura bem mais controlada em comparação a Narciso for her EDP, um dos chypres mais modernos que existem. Em For her, o âmbar é mais avassalador, mais luminoso e exagerado, em Jacomo for her, o âmbar é bem balanceado com o sândalo como se fossem ambos, o homem e a mulher, olho no olho, corpo sobre corpo, ressaltando que a mulher Jacomo foi a escolhida pelo seu homem para ser a mulher dele, hoje e para sempre, Jacomo e ela.



(English version)


Jacomo for her is the chypre amber fragrance specially released by Jacomo Paris and developed by the Givaudan nez Marie-Aude Couture-Bluches in homage for the high jewerly and the feminine seduction. The perfume features notes which, if divided in a female body, contemplate a first look at this woman face with the citrus and green floral softness with heady notes of bergamot, green of hyacinth and lily of the valley; a bust which values the beauty of fragrant woman's breasts with floral notes of rose, heliotrope and hawthorn, involved by seductive ylang ylang and, exalting the body and soul of the woman sweetly enigmatic with notes of cedarwood, amber, sandalwood and tonka bean.

Even though the perfumes of Jacomo Paris are not so discussed in perfume foruns, what is very regretful considering that there is quality in this brand and a good relation between cost x benefis, the perfume house has tradition since the 70 years when the entrepreneurial business men James Kaplan and Gérard Courtin decided to join to create a leather store in the hot avenues of New York. Since that moment, the French man Mr. Courtin made the decision to dedicate to his passion for the perfumery, releasing the first male fragrance Eau Cendrée and, in following year, the female fragrance Chicane.

Jacomo for her is a recent creation, done in 2005 and is part of the revolution in the perfumery of Jacomo Paris, based on the modernity and seduction to the brand without avoiding the classics weight of its perfumes. Happily, Jacomo could achieve this target and created a very feminine fragrance which can be compared, in terms of excellent alignment between proposal and execution to others classical chypre fragrances as Mitsouko (Guerlain), Femme (Rochas), Ysatis(Givenchy), Eau du Soir(Sisley), Bandit (Robert Piguet), Cuir de Russie(Chanel). Of course, the chypres perfumes may vary their olfactory focuses, that are among the chypres mentioned above there are chypre florals, more green and floral or more animalic, however here the idea is to value Jacomo for her as a modern chypre which does not forget its origins and/or olfactive references.


Jacomo for her is an unique chypre, extremely refined, classic and timeless. Released to praise two jewerly: the material jewel, synonym of elegance and eternal accessory of the woman beauty and the corporeal jewel, synonym of the own woman, the human jewel of spectacular magnetism and eternal being woman, feminine human being, a body which sparkles always peculiar in each century, in each epoch. An exact opening of floral notes that floats brilliantly with the lightness of the bergamot and the force of the roses, accelerating the heart beats of the Jacomo Woman as well as the heart that beats stronger when a woman looks constantly the splendour of a beautiful jewerly or when she gets a jewel as a gift given by her love. A fenomenal sensation of being special among all the women, a luminous scent that lingers to not be forgotten, a transitory smell in that moment but also timeless , the scent of a woman that astonishes someone in the most sutile attitudes, the look, the reflection with adornments as perfume and precious jewels, the image on the mirror that is eternal as the Venus with the mirror (1555) of the Renaissance artist Titian or the Venus at the mirror(1615), both adorned with bracelet, earrings, rings as a veneration to the love, the beauty and Art.

A sinuous hint of ylang ylang is captivating and warms up the flowers which are involved in a classical and stronger base of amber and sandalwood, capturating men's glances, showing that under an elegant dress there is the pleasure of the most discrete woman. The discretion which is taken away from her in the naked moments when the soul is striped with the body of and then there is the final seduction action that kills and rebirths the most amorous man. Beautifully, the base of the fragrance is a chypre one with a well-balanced sweetness when compared to Narciso for her EDP, one of the best modern chypres in the market. In For her, the amber is more overwhelming, luminous and exxagerating, in Jacomo for her, the amber is well-balanced with the sandalwood note as both were, man and woman, one eye on other eye, one body on other body,making noteworthy that the Jacomo Woman was chosen by her man to be his unique woman, now and ever, Jacomo and her.

Nenhum comentário: