quarta-feira, 14 de maio de 2008

Egeo Dolce Man, O Boticário


Em clima de breve dia dos Namorados, não poderia separar o casal Egeo Dolce, par amoroso de O Boticário para esta apaixonada data. Egeo Dolce Man é o gourmand oriental nacional para homens que adoram o verbo "dolcer-se" com sedução.


O perfume leva notas doces como o caramelo e o chocolate balanceadas com um blending levemente especiado no começo e mais amadeirado no fim. O homem "Dolce" que gosta de Very Irresistible for men (Givenchy), Blue Sugar (Aquolina) e A* Men(Thierry Mugler) verá em Egeo Dolce Man mais uma tentação adociçada para sua pele.


São evidentes os diálogos aromáticos de Egeo Dolce Man com os perfumes acima, no entanto, estes diálogos não o desqualificam o rotulando como uma cópia. Pelo contrário, esta intersecção entre eles e Egeo Dolce em diferentes notas é o que o torna uma aquisição interessante, de melhor custo x benefício e, principalmente para homens que desejam arriscar-se em um perfume doce.


Os diálogos iniciais se dão logo na saída do perfume, neste caso, uma influência de A* Men sobressaindo as notas caramelizadas e especiadas. Neste momento, as notas de saída de alta volatilidade e comuns em A*Men e Blue Sugar,como a bergamota e a lavanda,tendem a ser difusas em Egeo Dolce e evoluem de forma despercebida.


Se por um lado estas notas se intimidam, outras são desinibidas e se fazem percebidas. Uma invasão açucarada, bem doce do caramel-chocolat com madeiras toma conta de Egeo Dolce Man e traz também à lembrança olfativa a marca de Very Irresistible for men, o pseudo-chocolate coberto por avelãs. Nesta parte da evolução, resta somente a leve memória mocha, com mais chocolate e nada de avelãs e também de Blue Sugar , que aparece nesta orgia gourmand com suas notas de açucar caramelizado, patchouli e baunilha.


É interessante notar que tanto A* Men quanto Very Irresistible for men despertam uma suposta refrescância em meio ao adocicado gourmand. Na minha opinião, esta nota que estabiliza o adoçicado é a própria menta que, embora não esteja oficialmente em Egeo Dolce Man, está presente nos referidos perfumes de Thierry Mugler e Givenchy , detonando a idéia de que tal similaridade cause esta percepção na evolução de Dolce.


Com o passar do tempo, o drydown do perfume é levemente adocicado , de influência patchouliana. Madeiras e madeiras, na maior parte do tempo, com a característica gourmand mais inclinada à baunilha e ao caramelo. Sem dúvidas, a base do perfume tende a perder-se em um emaranhado aromático de um adocicado amadeirado.


Egeo Dolce Man celebra a doce masculinidade, viril e sensualmente carismática , tão sexy e indispensável para o dia dos namorados, no entanto para uma melhor celebração, use Dolce com moderação, principalmente se o casal é um casal Egeo Dolce. Ninguém quer comemorar esta data com brigas olfativas entre gourmands.

5 comentários:

Italo disse...

Belissimo comentário sobre Egeo, gosto muito dos dois, sinto a similaridade de man(com Blue sugar), a fixação dos O Boticario tem melhorado muito, ate na copia de Crystal Noir(Roalty) a fixação me surpreendeu, a perfumaria nacional tem muito ainda a aprender..., mas em termos de anos atrás a evolução esta em ritimo acelerado, se os perfumistas de nosso país buscassem mais nossa identidade talvez deixassem de fazer versões de perfumes internacionais, temos matérias-primas intocadas ainda na perfumaria que dariam belos cheiros! Adoro ler teu Blog, me delicio com cada frase!

Maddyrain disse...

"Egeo Dolce", quando foi lançado, chamou bastante minha atenção. Suas notas de saída são exatamente como você descreveu, uma mistura agradável de caramelo com chocolate (embora eu ache mais predominante a primeira). No entanto, sua evolução lembra Very Irresistiblé, o que, para mim, já é o suficiente para deixá-lo de lado...

Luciano disse...

Olá Cris (se me permite a intimidade)
Em primeiro lugar, parabéns pelo blog. Instrutivo e muito bem escrito. Sou apenas um apreciador de perfumes sem conhecimento técnico e tenho aprendido muitas coisas aqui.
Suas resenhas tem me instigado a conhecer novos perfumes. Em relação ao "Egeo Dolce" sua descrição da fragrância foi muito bem colocada. Boa fixação e projeção, mas é "dolce" demais para meu olfato.
Fica aqui minha sugestão para uma lista com dicas de perfumes doces masculinos. Sou um grande fã de "Le Male" e gostaria de conhecer algumas sugestões suas
Sucesso!

Cristiane Gonçalves aka Cris Rosa Negra disse...

Olá Luciano,

Tudo bem! Obrigada pela carinhosa mensagem. Pode me chamar de Cris sim.

O blog é um espaço para pessoas como você que se interessam por perfumes e querem saber mais, mas de uma forma apaixonante e instrutiva. Fico feliz de poder contribuir para que aprecie a arte da perfumaria. Torço para que conheça várias perfumes e possa divertir-se com esta descoberta.

O Egeo Dolce é um perfume bem "dolce" mesmo porque ele se inspira a partir de perfumes como os doces do Thierry Mugler, os gustativos para homens.

Adorei sua sugetão e vou preparar uma relação para o público masculino, afinal vocês têm dado um excelente exemplo que há homens muito perfumados que lêem o Rosa Negra e se perfumam pra valer.

O Le Male será revisado em breve. Ele só não foi ainda porque fará parte de um especial bem específico do qual ele fará parte durante este ano.

Obrigada e um grande abraço,

Cris

Magnun Paula disse...

o Melhor perfume que já usei, daqueles que agente usa e acontece que nem nas propagandas, chove anjos em meus braços de tão irresistível que é seu cheiro.