segunda-feira, 7 de junho de 2010

Dia dos Namorados - Feromônios : Cheiro de AMOR





Será que o amor tem cheiro? Passamos muitos anos postando inúmeros artigos sobre cheiros: sobre determinado perfume remeter à sensualidade,  aumentar o poder de atração, ou quem sabe ser diretamente associado ao ato sexual pelo mix composto pelo seu perfumista. Às vésperas do dia dos namorados Brasileiro me veio a incógnita sobre cheiro e atração física, será mesmo que o cheiro do nosso companheiro ou companheira é realmente um dos pontos chave para que  a relação possa durar?  


Em quase todos os filos do reino animal o cheiro específico de cada espécie serve como um atrativo na hora do acasalamento, ou até mesmo como forma de comunicação ou defesa.  Na maioria das vezes, estes cheiros  não muito agradáveis dispersados no ambiente são chamados de feromônios e eles interferem bastante no comportamento de muitas espécies. Na espécie humana eles também existem e são produzidos naturalmente pelo nosso organismo desde que existimos, o mais estranho é que os odores humanos que estão carregados de feromônios são os axilares (isso mesmo o cheiro vindo das axilas suadas), por motivos de higiene ao longo dos séculos usando temos usado cheiros artificiais para mascarar o nosso odor natural. Segundo pesquisas da universidade de medicina da Pensilvânia os feromônios humanos são tão poderosos que chegam a interferir no ciclo menstrual e na fertilidade das mulheres. Tanto que mulheres que trabalham ou vivem no mesmo ambiente têm uma forte tendência a sincronizar seu ciclo menstrual com o de suas companheiras de trabalho, o que faz com que todas ou quase todas tenham seus períodos férteis na mesma época, o que segundo as pesquisas as torna muito mais atraentes para os homens à sua volta.




É possível que você, caro leitor, já tenha visto em algum lugar uma propaganda sobre um perfume milagroso que contem os tais feromônios, vamos esclarecer uma coisa, os feromônios produzidos pelo corpo humano são complexos e a grande maioria deles ainda não foi sintetizada, o que implica dizer que ainda não há fórmula mágica e perfumada para atrair um parceiro. Pesquisas desse tipo deixam claro que o cheiro é uma das formas mais primitivas de atrair companheiros, porém o responsável pela decodificação das mensagens aromáticas é o nosso cérebro; elas podem ou não ser atraentes ao sexo oposto.  infelizmente não é muito agradável sair por aí sem usar um antitranspirante ou um perfume, higiene é indispensável, o nosso cérebro tem a capacidade de detectar esses feromônios mesmo quando usamos outro tipo de essência para mascará-los. 





Desse modo nada mais sexy e confortável que sentir um cheiro bom de alguém que amamos, um perfume aplicado na quantidade certa e em lugares estratégicos é um verdadeiro chamariz ao seu parceiro(a). E neste dia dos namorados não esqueça o seu perfume, use-o e curta a data



Italo Wolff é escritor de perfumes de Alagoas (Brasil) e colaborador exclusivo para o Perfume da Rosa Negra.









Votação do Prêmio Top Blog 2010 já começou!

É muito fácil, só clicar no link acima e votar na gente!
Obrigada(o)!


2 comentários:

pheromones disse...

É verdadeiro o que eles dizem sobre como feromônios atraem. São as chaves a destrancar a sensualidade final em pessoa. Agradece para um poste maravilhoso e eu antecipo para ler mais no futuro.

pheromones disse...

É verdadeiro o que eles dizem sobre como feromônios atraem. São as chaves a destrancar a sensualidade final em pessoa. Agradece para um poste maravilhoso e eu antecipo para ler mais no futuro.