quinta-feira, 27 de maio de 2010

Perfumes Fast - Perfume Review: Calvin Klein Escape Feminino




Perfume: Escape, Calvin Klein
Versão: EDP
Gênero: Feminino

Background: Introduzido no mercado em 1991 Escape foi um dos pioneiros dentro da família floral aquática, idealizado para mulheres modernas, espontâneas e alegres, que levam suas vidas como uma grande festa que não tem hora pra terminar. Seu frasco como não poderia ser diferente dos outros perfumes da Calvin Klein é composto de linhas simples e enérgicas que traduzem todo o minimalismo cool da marca, em contraste com sua cor de um tom de amarelo caramelado com pequenos toques de vermelho, a mim lembram as cores crepusculares de uma quente tarde de verão.



Desenvolvimento: a fragrância abre extremamente fresca, com toques de mandarina, cassis, camomila e musgo de carvalho, também é claramente perceptível a presença de outros cítricos na saída o que dão uma característica de juicy mix. Além dessas notas se revelam outras um pouco mais gourmand, mais frutado, como é o caso da lichia como seu aroma doce e da maçã que trás um toque cool a este perfume. Posteriormente surgem os  acordes aquáticos em sua maioria de melão, mas confesso que também percebo um suave toque de melancia neste perfume, esses acordes combinados fazem de Escape uma sensação quase real de sentir o refrescante toque da água do mar sobre a pele aquecida pelo sol, o que gera um conforto imediato ao usuário. Já nas camadas posteriores a sensualidade é revelada com o toque especiado de cravos da índia, lírio do vale e jasmim, adornados pela magnífica molécula de aldeído C14 (pêssego). Por fim um fundo ambarado com toques de musk e baunilha fecha essa espetacular fragrância.



O melhor da fragrância: a deliciosa combinação entre acordes aquáticos, cítricos e florais, que tornam um perfume extremamente original.

O pior da fragrância: a potência exagerada das notas que, em determinados momentos, pode incomodar um pouco. 


Poder de fixação: + 12 horas

Sillage: Muito Forte

Drydown: Floral aquático com predomínio de melão, melancia (nota não
oficial), cravo da índia e âmbar

Notas: pêssego, coriandro, cassis, melancia, melão, camomila, mandarina, musgo de carvalho, folhas de Acácia, lichia, maçã, ylang – ylang, cravos da índia, gerânio, pêssego, jasmim, lírio do vale, rosa, sândalo, âmbar, baunilha, vetiver e cedro

Recomendado para: climas quentes, situações informais, perfeito para baladas, compartilhável para homens e mulheres cool


Italo Wolff é escritor de perfumes de Alagoas (Brasil) e colaborador exclusivo para o Perfume da Rosa Negra.


Nenhum comentário: