quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Entrevista: Givaudan perfumista Thierry Bessard sobre lançamento Jequiti Elo Claudia Leitte/ Interview: Givaudan perfumer Thierry Bessard about new fragrance release Jequiti Elo Claudia Leitte



Thierry Bessard, Perfumista Sênior da Givaudan 
em entrevista PRN exclusiva



Todo lançamento perfumado é resultado de um trabalho conjunto, principalmente entre o player, ou seja, o cliente, a real marca da fragrância  com a casa de fragrâncias que é contratada para desenvolver a fragrância. A sinergia exata no desenvolvimento do novo produto é como criar um "ELO" entre ambos para um perfume vencedor.



Este elo em Jequiti Elo Claudia Leitte está presente em várias formas,  além da escolha da cantora que influenciou a criação do perfume através do alinhamento entre o conceito, sua  própria personalidade e preferências olfativas afetando diretamente o trabalho da casa de fragrância e a aprovação final do resultado pelo player, o elo também foi estabelecido entre o desenvolvimento da embalagem e o da fragrância, de uma forma muito especial para este lançamento. "As embalagens de Elo Claudia Leitte foram desenvolvidas exclusivamente pela Jequiti pela empresa Wheaton e possui formas orgânicas que se conectam e se encaixam, estando também em sintonia com o elo que o perfumista realizou entre as notas dos perfumes masculino e feminino. Na verdade, um grande corpo, uma  única vibração, um  grande elo" - relata Célia Lima, gerente de produto da Jequiti.





Para estabelecer mais ainda este elo, a Jequiti selecionou a legendária perfume house Givaudan para a criação do novo perfume de celebridade de Claudia Leitte e, para transformar a inspiração da alegria da cantora e da marca em um cheiro harmônico, em sintonia com matérias primas diferenciadas que construíssem esta conexão entre as versões masculina e feminina e, principalmente,  traduzisse a personalidade alegre, sensual e jovial de Claudia Leitte. O experiente perfumista francês Thierry Bessard, sênior na Givaudan  é o responsável pelas assinaturas olfativas em Elo.


Thierry Bessard tem um sólido e extenso background em perfumaria, com formação  em Versalhes e mora no Brasil há mais de 12 anos se destacando como um dos perfumistas mais requisitados da Givaudan e do mercado brasileiro. Em seu currículo constam vários perfumes nacionais como O Boticário Zaad  e Natura Gen que confirmam, principalmente, seu renome na perfumaria do Brasil.



Nesta exclusiva entrevista focada no lançamento da nova fragrância Jequiti e especialmente para Perfume da Rosa Negra, ele conta detalhes-chave sobre a criação das fragrâncias Elo Claudia Leitte e das composições.



CG:  Qual foi a  inspiração para a criação da fragrância Elo?

TB: Claudia Leitte foi a inspiração em si.  Sua música, sua personalidade, sua alegria.


CG: Conte-nos sobre a fragrância feminina. O que a torna diferenciada?
 

TB: Elo feminino é um floral frutal, com uma saída fresca de limão siciliano e damasco , um corpo de rosas brancas e coraline envolvido pela baunilha e cashmeran. Como todo o perfume, é composto por diversas matérias primas que coesas dão a harmonia e o equilíbrio olfativos esperados. Para a fragrância feminina, o lírio do vale (muguet) no coração é bem destacado através da combinação do uso do coraline, que tem a delicadeza e beleza das nuances  femininas do muguet, rosa e jasmim. O lírio do vale foi combinado exatamente por ser uma nota relacionada à felicidade; são flores que são dadas como presente à família, amigos, amores. Elo tem esta relação com a alegria e os relacionamentos. O cashmeran complementa a sensação de comforto e o tom afetuoso com toques ambarados e de musk.


CG:  E como a fragrância feminina cria um "elo" com a masculina assim como ocorre com os respectivos frascos?

TB:  Criei este elo, esta sintonia entre as fragrâncias na própria harmonia das notas  de coraline e cashmeran, respectivamente, as notas  de corpo e base que são  comuns em  ambas as fragrâncias. Elas são combinadas com o patchuli e o âmbar com menos influência das nuances florais, ainda que presentes. A saída de Elo masculino tem o frescor das notas cítricas de limão siciliano e a mandarina e o desenvolvimento é mais carregado no âmbar com  toques amadeirados.


CG: Qual foi o seu principal desafio neste processo criativo de Elo?


TB: Traduzir a música de Claudia Leitte, para isso, passei a conhecê-la mais para que o perfume tivesse a cara da cantora. Elo foi criado também para desenvolver a presença e a sensualidade de Claudia Leitte e sua música faz parte disso.


CG: As fragrâncias relacionadas às celebridades não são tão comuns ainda no Brasil quando comparamos este  intenso movimento nos EUA. Você acha que a perfumaria brasileira se desenvolverá mais neste segmento?

TB:  O mercado brasileiro está evoluindo cada vez mais com a abertura a diferentes matérias primas, inclusive importação de novos ingredientes e também a exportação de fragrâncias nacionais, além da riqueza de  nossas matérias primas, logo o crescimento pode desenvolver mais este segmento e a perfumaria em geral. O país tem um público diverso e aberto que gosta de perfumes e que possibilita que criemos novas fragrâncias harmonizadas com várias notas.



CG: Thierry, com tanta experiência em perfumaria e praticamente sendo  um Francês-Brasileiro,  grande conhecedor de nosso mercado, onde busca inspiração para suas criações?


TB:  A inspiração está em tudo, principalmente em viagens e na culinária de pratos exóticos, com frutas, pimentas, etc. O Brasil tem uma excelente gastronomia a qual aprecio até como inspiração.


CG: Obrigada pela sua entrevista e sucesso.





(English version)




Every fragrant release is result of a key teamwork mainly between the player, that is, the client, the real fragrance brand with the perfume house which is  hired to develop the perfume. The exact synergy between both in the product development is like to create "a connection, a "elo"" for a winning fragrance.


This connection in Jequiti Elo Claudia Leitte is present in various ways, besides the choice by the singer who influenced the perfume making through the alignment among the concept, her own personality and olfactive preferences affecting directly the work of the perfume house and the approval of the perfume by the player, the connection also was set between the packaging development and the scent, in a very special way for this release.  "The bottles of Elo  Claudia Leitte were developed exclusively for Jequiti by the company Wheaton and own organic forms that are connected and fit together, then also in harmony with the connection that the perfumer  made between notes in female and male fragrances". Indeed, a great body, an unique vibration, a great ELO - says me further Célia Lima,  Jequiti product manager.



To set this scented connection, Jequiti selected the legendary perfume house Givaudan to create the new celebrity fragrance of Claudia Leitte and, transform the joy inspiration of the singer and the brand into a harmonic scent, connected to distinctive raw materials which would build this connexion between Elo for women and for men and, mainly, would translate her joyful, sensual and youthful personality. In order to achieve it, the experienced  Givaudan Senior Perfumer , the French Thierry Bessard is the  fragrance designer responsible for these olfactive signatures.

Thierry Bessard has a solid background in perfumery, having studied in Versalles. He lives in Brazil more than 12 years and is one of the main Givaudan perfumers, highly required by the Brazilian market. In his creations, there are various national perfumes such as O Boticário Zaad  and Natura Gen  which confirm mainly, his renowned reputation in the Brazilian perfumery.


In this exclusive interview focused on Jequiti new fragrance and specially for Perfume da Rosa Negra, he tells us key-details about the fragrances creation and its compositions.



CG: What was your inspiration for the creation of Elo fragrance?

TB: Claudia Leitte is the inspiration by herself. Her music, her personality, her joy.


CG: Tell us about the female fragrance. What becomes it a distinctive one?
 

TB: Elo for women is a floral fruity with a fresh opening of Sicilian lemon and  apricot, a heart of white roses and coralline enveloped by vanilla and cashmeran. As any perfume, it is composed by diverse raw materials that  joined give the expected olfactive harmony and balance. For the female fragrance, the lily of the valley (muguet) in mid notes is well highlighted through the combination of the use of coralline, which has the delicateness and beauty of the feminine nuances of muguet, rose and jasmine. The lily of the valley was associated to Elo exactly because is related to the happiness. These flowers are given as gifts to the family, friends and love. Elo has a relationship with joy and human relations. The cashmeran complements the comfort and the affection tone with musk and ambery touches.


CG:  And how the female fragrance creates an "elo" with the male version as well as happens in their bottles?

TB:  I created this elo, this connexion between fragrances in the own harmony of coralline and cashmeran notes, which are respectively in the mid and base notes and are common to both fragrances. They are combined to patchouli and amber with less influence of floral nuances which still are slightly present. The start of Elo for men has the freshness of citrusy notes as Sicilian lemon and mandarin and the development is more emphasized by amber and woody touches.




CG: What was your main challenge in the creative process of Elo?


TB: To translate the music of Claudia Leitte, for that, I knew better her music in order to have a fragrance aligned to her.  Elo was also created to develop her presence and her sensuality and her music is part of it.


CG:  Celebrity fragrances aren't almost released in  Brazil when compared to their huge movement in USA? Do you think that the Brazilian perfumery will be developed more in this field?


TB:  The Brazilian market is developing more and more with different raw materials, including the import of new ingredients and also the export of Brazilian fragrances, moreover the richness of our raw materias, therefore this growth can develop more not only this field, but the perfumery in general. The country has a diverse and open-minded consumer audience that like perfumes and it makes possible to us to create  new fragrances harmoniously with various compounds.


CG: Thierry, considering your large experience in perfumery, that is you are like a "French-Brazilian" perfumer, conoisseur of our market, where do you search for inspiration for your fragrance creations?


TB:  The inspiratioin is in all, mainly in my travels and the culinary of exotic  food, with fruits, peppers, etc. Brazil has an excellent gastronomy that I appreciate also as an inspiration.


CG: Thank you for your interview and I wish you successful achievements.

 


Photo credits: Thierry Bessard and Jequiti Elo - PRN personal archives.

Text and Interview by Cristiane Gonçalves for Perfume da Rosa Negra.

Nenhum comentário: